Defesa: sentença ignora evidências esmagadoras de inocência

Os advogados de Lula reforçaram a inocência do ex-presidente. Para Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, Lula tem sido objeto de uma investigação politicamente motivada. Em nota, afirmam que o julgamento envergonhou o país ao ignorar evidências esmagadoras de inocência, violando direitos humanos e o processo legal.

“O presidente Lula tem sido vítima do lawfare, o uso da lei para fins políticos, famoso método foi usado com efeitos brutais em diversas ditaduras ao longo da história”, ressaltou o texto. “O julgamento prova o que argumentamos o tempo todo: que o juiz Moro e a equipe do Ministério Público na Lava Jato foram conduzidos pela política e não pela lei”.

Veja abaixo:

https://www.facebook.com/v2.5/plugins/post.php?app_id=477563158921841&channel=http%3A%2F%2Fstaticxx.facebook.com%2Fconnect%2Fxd_arbiter%2Fr%2FXBwzv5Yrm_1.js%3Fversion%3D42%23cb%3Df24c4c971f937d4%26domain%3Dwww.pt.org.br%26origin%3Dhttp%253A%252F%252Fwww.pt.org.br%252Ff2854eea664a19c%26relation%3Dparent.parent&width=709&href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FLula%2Fposts%2F1372685299467133&locale=en_US&sdk=joey&width=709

Fonte: Agência PT de Notícias

Anúncios